Como preparar seu imóvel para uma venda mais rápida e com maior valorização

Pensando em vender seu imóvel? Algumas ferramentas simples podem ajudar a aperfeiçoar a imagem do seu bem e aumentar as chances de uma melhor negociação.

 

Muitos proprietários, ao se deparar com a intenção de vender o seu imóvel, buscam maneiras de valorizar seu apartamento ou casa para conseguir uma melhor negociação. É uma maneira eficaz de mostrar os pontos positivos para os compradores e acelerar a venda, sem baixar preço.


Nos Estados Unidos, essa técnica ganhou o nome de home staging, já com muitos adeptos e até profissionais especializados no Brasil. São ajustes para melhorar o visual dos ambientes, reorganizar os móveis que já existem no local, valorizar as peças, maximizar a luz e outros pontos importantes para valorizam imóvel. 

 

Segundo uma pesquisa realizada pela Associação Americana de Imobiliárias (NAR), o tempo de venda de um imóvel que usa técnicas de home staging é 50% mais rápido. Ainda de acordo com o levantamento feito nos Estados Unidos, a valorização pode chegar a 15% em relação ao mesmo imóvel sem as melhorias.

 

E no Brasil, será que as melhorias também surtem resultado? Apesar de não existir uma pesquisa formal sobre o tema, no dia a dia do mercado, é possível perceber fatores que ajudam na venda dos imóveis. “Percebemos que o proprietário que investe na preparação do imóvel para comercialização tem um melhor resultado. Com os ambientes mais bonitos, a chance de encher os olhos dos compradores e valorizar os pontos positivos é maior. Orientamos nossos clientes nesse sentido”, destaca o gerente comercial da Bidese Imóveis, imobiliária especializada em imóveis de alto padrão em Curitiba, Leandro Greca.
 

 

Quem puder contar com a ajuda de um arquiteto ou designer, com certeza, estará bem assessorado. Mas algumas das dicas podem ser implementadas mesmo por quem não é profissional. Confira algumas recomendações:

 

 

1- Reparos e pintura essenciais

 

 

Para pensar em valorização do imóvel para venda, corrigir problemas estruturais visíveis realmente é o básico. Pintar as paredes e trocar o piso, por exemplo, são reformas que fazem toda diferença. São investimentos que custam mais dinheiro e tempo, mas que são fundamentais para uma venda melhor. 
Azulejos muito antigos, por exemplo, podem transparecer depreciação. Uma recomendação para quem não quer trocar tudo para vender é passar uma tinta própria para esse material. O ambiente fica mais claro e com uma aparência mais moderna.

 

 

 

2- Cuide com os ambientes externos

 

 

Para quem quer vender uma casa individual, seu papel é manter a fachada limpa, a grama aparada e a entrada limpa e organizada.

Já se mora em condomínio, mobilizar os vizinhos para uma reforma nas áreas comuns e fiscalizar se a limpeza está sempre bem feita, também faz diferença. Lembre-se que os compradores vão avaliar vizinhança e área de lazer, então, cada detalhe é importante. 
Outra dica é em relação à garagem ou área de serviço. Esses ambientes são muitas vezes usados para guardar objetos que acabam muitas vezes se entulhando. Fazer uma limpa geral é palavra de ordem, se esse for o caso do seu imóvel.

 

 

3- Repense a decoração de imóveis ocupados

 

 

A ideia de “redecoração” é uma das bases do home staging. Isso não quer dizer comprar móveis novos. Diferente das reformas, aqui a ideia é aproveitar o que tem, mas de maneira re-organizada e intencional.  

 

“Quer um bom exemplo? Esta linda cozinha foi projetada para que a harmonia do ambiente pudesse ficar a mais perfeita o possível. Para isto, foram inseridas pequenas plantas que integram perfeitamente a decoração com cores claras. O upcycling foi utilizado com o uso de antigas canecas de porcelana branca como pequenos vasos para as plantas. Com isso, o cenário pareceu mais acolhedor e confortável, tornando-se mais interessante para possíveis ofertas de compra dos visitantes interessados na casa”, recomenda o site Homify. 

 

 

 

4- Prepare-se para fotos e visitas de interessados

 

A partir do momento em que o imóvel está para a venda, o primeiro passo é fazer fotos do imóvel para divulgação. Essa etapa deve ocorrer quando os ambientes já estiverem reformados e “redecorados”. É preciso deixar tudo organizado para fotos atrativas que valorizem os pontos positivos. Remover itens pessoais, como fotos da família, garantem a privacidade e despersonalizam os cômodos.

 

Se a intenção é realizar uma boa venda, a rotina da casa precisa se adaptar à visita dos interessados. Receber os possíveis compradores com a casa cheirando “aquela” fritura, pode prejudicar o interesse. Por outro lado, uma casa cheirosa é mais atrativa.

 

Quando o imóvel está vazio, abri-lo frequentemente para manter os ambientes arejados e passar um aromatizador para deixar o cheiro agradável pode fazer a diferença. 
Evite receber visitas à noite ou com cortinas fechadas. Priorize horários com sol, pois imóveis ensolarados são os mais procurados pelos compradores.

 

 

 

Fonte: Homify e Assessoria Bidese Imobiliária

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Como preparar seu imóvel para uma venda mais rápida e com maior valorização

July 3, 2018

1/2
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square